Com a chegada da pandemia em 2020, bares, restaurantes, pizzarias tiveram que se reinventar.

Muitos já ofereciam seus produtos com sistema de entrega por delivery, mas isso era uma prática de médias e grandes empresas.

Por isso, os pequenos empreendedores sempre sentiram na pele a dificuldade de adotar o delivery como formato.

Vários fatores influenciam isso: dificuldade de logística, falta de motoboy particular para diminuir as altas altas taxas de aplicativos de entrega (em cidades grandes existe o fator distância) e então, esses pequenos empreendedores acabavam trabalhando sua entrega apenas a nível local.

Adaptação

Com a pandemia, para não fechar negócios, os pequenos tiveram que se adaptar e oferecer entrega por delivery do dia para a noite para sobreviverem. Muitos foram tropeçando no início, outros desistiram mas a grande maioria apostou, fez acontecer e deu certo. Há quem diga que mesmo depois da pandemia, o delivery pode continuar sendo sua fonte de renda principal.

Mas para o delivery acontecer, o sucesso está ligado ao tipo de software que está por trás na retaguarda.

E como avaliar na hora de contratar?

Separamos algumas dicas para vocês.

  1. Tenha referências de boas empresas de sistemas de automação em sua cidade.

Analisar todas as empresas fornecedoras do ramo é o primeiro passo.

Além disso, verifique a idoneidade, a credibilidade perante os outros clientes e o tempo de mercado. Por exemplo: saiba de outros consumidores atendidos por essa empresa, o que eles acham do sistema. Tente também experimentar a plataforma na prática. Muitas empresas oferecem testes gratuitos.

  1. Tenha certeza que o sistema é fácil de implementar.

Depois de contratado, às vezes vem a dor de cabeça. Quando você achava que o sistema estaria disponível na mesma semana, você descobre que vai levar um mês para implementação.

Para quando você precisa disponibilizar o seu delivery? Se for rápido, considere avaliar empresas e sistemas que sejam de fácil e rápida implementação.

Além disso, é bom lembrar, que além disso, a plataforma deve ser intuitiva, para que você elimine um grande tempo tentando aprender e treinando funcionários. Tem que ser fácil, intuitivo e simples.

  1. Conheça como funciona a contagem de tempo do sistema.

Quando o sistema de delivery de restaurantes é completo, ele possui um gerenciamento de tempo para que a entrega seja ágil. Assim você controla melhor a sua produtividade e o seu cliente acompanha tudo em tempo real. Isso sem dúvida oferece uma experiência maravilhosa à ele.

  1. Verifique a questão da integração com as redes sociais.

Cada vez mais, as redes sociais fazem parte do dia a dia das pessoas e fazer pedidos através delas tem sido uma experiência bem corriqueira.

Existem plataformas que integram diversos tipos de atendimento, o que facilita para o cliente e agrega valor à sua empresa.

  1. Por último e também um fator importantíssimo na hora da escolha, é avaliar o nível de suporte técnico que você terá. É importante avaliar se o seu delivery precisa, por exemplo, de suporte 24 horas, suporte no local e se o programa oferece esses serviços.

É importante que o suporte seja tanto para software, como para hardware.

Atente-se a este item e evite que você tenha que ficar horas tentando descobrir o problema.

Conclusão

Agora que você já sabe como escolher o melhor sistema para o seu delivery, é hora de arregaçar as mangas e ir à luta. Empreender não é fácil, mas a ACB Automação Comercial está aqui para te ajudar.

Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato com a gente que nossos consultores te auxiliarão na escolha do seu sistema para delivery.

Outros Posts

PinPads ou POS? Qual o melhor para o meu negócio?

Você pequeno empresário ou empreendedor que está iniciando normalmente tem muitas dúvidas a respeito de sistemas e equipamentos de automação comercial.  Isso é normal. É um universo completamente novo, cheios de nomes estranhos mas que aos poucos vamos nos...