NF-E. Um assunto que merece uma atenção especial por parte dos donos de empresa

A Nota Fiscal Eletrônica deve ser emitida sempre por donos de empresas e comércios, quando algum serviço for prestado, ou produto for vendido.

Aliás, é obrigação das empresas fazer a emissão desse documento, que conta com  inúmeras funções, tanto para a empresa, quanto para o comprador.

Para emitir a nota fiscal eletrônica, é importante considerar uma série de requisitos, sendo o primeiro deles, o tipo de enquadramento da empresa.

Existem vários modelos de notas fiscais eletrônica e por isso é importante estudar cada uma delas e emitir aquela que é a correta para seu negócio, de acordo com o que julgar mais adequado dentro dos parâmetros necessários.

Para que serve a nota fiscal eletrônica?

A nota fiscal eletrônica é um documento da Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ) e serve como forma de recolhimento de imposto, além de comprovar transações comerciais e regularizar empréstimos e doações.

Por esse motivo é um documento de suma importância para o empresário e para quem realiza as compras, ou seja, o próprio consumidor.

Além disso, a nota fiscal eletrônica serve como comprovante de determinada compra ou venda, além de ser utilizada para regularizar doações e empréstimos, por exemplo.

Fora isso, a nota fiscal eletrônica também é utilizada para o caso de trocas de mercadorias.

Esse é um documento muito importante, porque, além de garantir que a empresa está dentro de todas as leis e obrigações, ainda protege o consumidor, garantindo a ele direitos como trocas, devoluções e até reclamações com relação aos produtos e serviços adquiridos.

Para fazer a emissão, independente da obrigatoriedade, uma das melhores maneiras é automatizando o processo! Afinal, são muitas as regras e normas que precisam ser seguidas para que seja emitido o documento e por isso, contratar um serviço automático facilita a vida do dono da empresa.

Automação da emissão da nota fiscal eletrônica

Como já foi dito, existem diferentesalternativas para emitir a nota fiscal eletrônica, já que ela não é mais emitida a partir do serviço gratuito do Sefaz, que antes era de graça.

Mas, dentre tantas formas, a mais comum e também mais recomendada, é por meio do sistema de automação comercial.

Sabendo disso, você nem precisa se preocupar com todo o processo de emissão da nota, nem mesmo sobre tudo que precisa ser feito para emitir o documento.

Esse tipo de trabalho conta com um sistema completo que automatiza todo o processo, desde a coleta das informações da compra ou da venda de qualquer produto ou serviço, até a emissão definitiva da nota fiscal eletrônica, sem que haja a necessidade de precisar fazer esse serviço manualmente.

Automatize já o seu negócio para emitir as suas Notas Fiscais de forma fácil e esteja com suas obrigações em dia.

Outros Posts

Como está o relacionamento com o seu cliente?

Em um momento como esse que estamos vivendo, crise econômica, política e um cenário de pandemia mundial, empresas estão lutando e brigando por sua sobrevivência no mercado, principalmente quando falamos de micro e pequenas empresas.